Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte

Alexandre de Moraes determinou a prisão preventiva do ex-PM Cássio Rodrigues Costa Souza, que publicou no Twitter ameaças de morte contra o ministro e sua família. O pedido foi feito por Lindôra Araújo, que considerou as postagem gravíssimas, por promoverem “incitação de atos violentos e na ameaça direta de morte a integrante” do STF.
“Em síntese, o que se nota, mais uma vez, é o emprego de violência psíquica de real concreção a risco de vida de pessoa, em pseudoliberdade de expressão, cujo exercício não se coaduna com ataques à Democracia, ao Estado de Direito e às suas instituições, tampouco com ameaças de violência física. Tal garantia não pode, jamais, ser utilizada como escudo para a prática de crimes.”
Como registramos há pouco, ele também pediu buscas contra o prefeito de Cerro Grande do Sul (RS) Gilmar Alba (PSL), flagrado com R$ 505 mil em espécie no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A PF cumpriu buscas em sua residência e na sede da prefeitura, sob suspeita de que os valores apreendidos seriam usados para financiar os atos violentos no 7 de Setembro.
A Polícia Federal também cumpriu, por ordem de Moraes, mandados de busca e apreensão na sede da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), em Brasília, e na filial do Mato Grosso, por suspeita de financiamento de atos violentos no 7 de Setembro contra o Supremo. A pedido da sub-PGR, o ministro também bloqueou as contas da entidade.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário