Maior usina de captura de gás carbônico do mundo é inaugurada na Islândia

Com foco em combater as mudanças climáticas, foi inaugurada na Islândia a maior usina de captura de gás carbônico do mundo. startup por trás da maior usina mundial de captura direta de gás carbono anunciou que nos próximos anos vai construir uma usina muito maior para remover permanentemente milhões de toneladas de CO2 da atmosfera.
Responsável pelo projeto Orca de “captura aérea direta”, como é chamada a técnica, na Islândia, o coexecutivo-chefe da Climeworks, de Zurique, disse ao Financial Times que a empresa já começou a projetar uma usina dez vezes maior. Ela deve ser completada nos próximos anos.
Segundo informações da Folha de S.Paulo, a Orca vai capturar cerca de 4.000 toneladas anuais de CO2 e armazená-las no subsolo. É uma parte minúscula dos 33 bilhões de toneladas do gás que a AIE (Agência Internacional de Energia) prevê que serão emitidos em todo o mundo este ano, mas é uma demonstração da viabilidade da tecnologia.
“É a primeira vez que fazemos a extração comercial de CO2 do ar e a combinamos com armazenagem no subsolo”, disse Wurzbacher, na quarta-feira (8).
A usina Orca vende a compensação de carbono mais cara do mundo. Com ela, a remoção de uma tonelada de CO2 custa até £1.000 (cerca de R$ 7.200). A usina tem o fundador da Microsoft, Bill Gates, entre seus clientes.
Wurzbacher disse que a demanda comercial é tão alta que os créditos que pode vender em seus 12 anos de vida útil estão quase esgotados. Foi o que levou ao desenvolvimento acelerado da usina muito maior que usará a mesma tecnologia.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário