Lava do vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, chega ao mar

A lava do vulcão Cumbre Vieja atingiu o mar na terça-feira, nono dia da erupção. A maior preocupação das autoridades das Ilhas Canárias, vinculadas ao governo espanhol, é com a emissão de gases tóxicos. As substâncias são emitidas em reação química provocada no encontro do magma superquente com a temperatura do oceano.
Mais cedo, a Espanha, declarou a área atingida pelo vulcão como uma zona de desastre. A decisão vai liberar verba para a reconstrução e ajuda aos moradores que tiveram prejuízos causados pela lava. O primeiro pacote será de 10,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 66 milhões).
A lava do Cumbre Vieja já destruiu quase 600 imóveis, entre casas, igrejas e escolas, além de ter arrastado plantações. Milhares de pessoas foram retiradas das áreas de risco. O vulcão é o mesmo que, segundo informações iniciais, poderia provocar um tsunami capaz de chegar ao litoral do nordeste brasileiro.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário