ITABUNA: MANOEL NOVAES IMPLANTA PROTOCOLO DE CIRURGIA SEGURA

Hospital já realizou primeiras cirurgias com novo protocolo

O Hospital Manoel Novaes (HMN), da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, implantou o Protocolo de Cirurgia Segura, baseado em lista de verificação desenvolvida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e usada por hospitais de referência no Brasil. O novo checklist cirúrgico reduz o risco de eventos adversos durante cirurgias e partos, além de viabilizar o nascimento seguro na única unidade materno-infantil de Itabuna.
O Protocolo de Cirurgia Segura, conforme a diretora técnica do HMN, a médica Fabiane Chávez, deveria ser implantado ano passado, mas o surgimento do novo coronavírus adiou os planos. Ela destaca os ganhos com o protocolo. “O checklist para reduzir a possibilidade de danos ao paciente faz parte dos seis pilares da Segurança do Paciente e traz ainda mais tranquilidade para os profissionais envolvidos nos procedimentos cirúrgicos”.
As seis metas da segurança do paciente são identificar o paciente corretamente, melhorar a eficácia da comunicação, melhorar a segurança dos medicamentos de alta vigilância, assegurar cirurgias com local de intervenção correto, reduzir o risco de infecções associadas a cuidados de saúde e diminuir o risco de danos decorrente de quedas.

REVISÃO DE PROCESSOS

Fabiane Chávez explica que, com o Protocolo de Cirurgia Segura, os processos são revisados detalhadamente antes da indução anestésica, da incisão cirúrgica e logo depois que o paciente passa pelo procedimento. Durante a checagem, um único profissional conduz a verificação e confirma se a equipe completou suas tarefas, antes de prosseguir.
A gerente de enfermagem do HMN, Luciana Nobre, ressalta que, durante a verificação, caso seja identificado alguma não conformidade, o procedimento não se inicia. Os filhos de Cosmina Santana Santos e Luana Iracema Giroto estão entre os primeiros pacientes submetidos a cirurgia seguindo o checklist. Prematuro, o filho de Cosmina nasceu na última quarta-feira (22) e recupera-se em um leito de terapia intensiva.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário