ÍNDIO TUPINAMBÁ É ASSASSINADO ÀS VÉSPERAS DA CAMINHADA DOS MÁRTIRES

Crime aconteceu em Serra das Trempes, comunidade rural localizada entre Una e Ilhéus

Alex Barros, indígena tupinambá, foi assassinado a tiros na manhã de quinta-feira (23), quando trabalhava na sua roça, em Serra das Trempes, comunidade localizada nos limites entre os municípios de Una e Ilhéus, no sul da Bahia.
A coordenadora executiva da Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), Sonia Guajajara, denunciou o crime em publicação nas redes sociais. Segundo ela, três homens encapuzados e fortemente armados surpreenderam o tupinambá e dispararam contra ele.

MARCHA TUPINAMBÁ

A execução de Alex ocorreu às vésperas da Caminhada em Homenagem aos Mártires Tupinambá, marcada para a manhã deste domingo (26). A marcha de Olivença até o rio Cururupe, no litoral sul de Ilhéus, relembra massacre de indígenas ocorrido em 1559, naquele local, sob o comando do governador geral Mem de Sá.
A caminhada também resgata a história da resistência indígena, na região de Olivença, liderada por Marcelino José Alves, o Caboclo Marcelino, que foi perseguido e morto pela ditatura de Getúlio Vargas na década de 1930.

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário