Governo pede novo estudo sobre horário de verão ao Operador do Sistema Elétrico

Diante da “atual conjuntura de escassez hídrica”, o Ministério de Minas e Energia pediu ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) um novo estudo sobre o horário de verão.
O mecanismo de adiantar uma hora nos relógios para aproveitar os dias mais longos foi extinto pelo governo Bolsonaro em 2019. O governo não informou quando a pesquisa foi solicitada, e nem se há prazo definido para a entrega das conclusões.
“Recentemente, o MME solicitou ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) que reexaminasse a questão [do horário de verão] à luz da atual conjuntura de escassez hídrica, considerando os estudos já realizados”, informou o ministério em nota enviada ao jornal “Folha de S. Paulo”.
Na nota, o ministério reafirma a sua posição de que a contribuição do horário de verão é “limitada”, não tendo identificado, até o momento, que o retorno do programa traria benefícios para redução do consumo de energia no período de pico de demanda. (Metro1)

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário