Evangélicos abandonam Bolsonaro

O Antagonista

Em janeiro, 40% aprovavam seu governo; hoje, são 29%. E a reprovação já está em 41%, índice preocupante para quem abriu o governo a lideranças do setor

O Datafolha mostra um incrível derretimento de Jair Bolsonaro

entre os evangélicos. Em janeiro, 40% aprovavam seu governo; hoje, são 29%. E a reprovação já está em 41%, um índice preocupante para quem abriu a máquina pública para lideranças do setor, perdoou dívidas bilionárias das igrejas e faz seguidos gestos políticos, subvertendo a lógica do Estado laico.

Pelo visto, a nomeação de André Mendonça para o Supremo virou uma urgência para Bolsonaro.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário