Europa avalia terceira dose de vacina a partir dos 16 anos

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, sigla em inglês) iniciou uma avaliação acelerada sobre a aplicação de uma dose de reforço de vacina contra Covid-19 para pessoas com 16 anos ou mais.
O esquema estuda uma terceira dose de vacina produzida pela Pfizer, administrada seis meses após a imunização completa. A EMA denomina o procedimento como reforço de vacinação e informa que o objetivo é restaurar, em pessoas saudáveis, os níveis de imunidade que podem ter baixado ao longo do tempo.
Doses extras de vacina estão sendo aplicadas em diversos países, inclusive no Brasil, para diferentes grupos populacionais, mas cientistas e entidades como a OMS (Organização Mundial da Saúde) afirmam que ainda faltam evidências sobre sua segurança e eficácia.
As entidades ressalvam que a decisão deve ser tomada pelos grupos de aconselhamento de cada país, com base em dados específicos sobre a epidemiologia da doença, a capacidade do sistema de saúde, o avanço da vacinação básica e a disponibilidade de imunizantes.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário