Em primeiro discurso do dia, Bolsonaro faz novas ameaças à democracia

"Vou continuar jogando dentro das quatro linhas, mas a partir de agora não admito que outras pessoas, uma ou duas, joguem fora das quatro linhas", disse o ocupante do Palácio do Planalto aludindo aos dois ministros do STF, que ele colocou no alvo de seus ataques às instituições

Bolsonaro em cerimônia pelo Dia da Independência, em Brasília (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Na manhã desta terça-feira (7), Jair Bolsonaro falou, no primeiro dos três discursos previstos para o dia, que não admitirá que “outras pessoas joguem fora das quatro linhas” da Constituição.
“Vou continuar jogando dentro das quatro linhas, mas a partir de agora não admito que outras pessoas, uma ou duas, joguem fora das quatro linhas. A regra do jogo é uma só: respeito à nossa Constituição, liberdade de opinião e sempre tendo a nossa Constituição, que é a vontade popular, acima de todos”, disse Bolsonaro durante live aberta em rede social, informa o Metrópoles.
O presidente participa, nesta manhã, na companhia de autoridades do governo federal, do hasteamento da Bandeira Nacional em frente ao Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República. Mais tarde, Bolsonaro segue para a Esplanada dos Ministérios, para discursar para os apoiadores, que já estão alocados desde o começo da segunda-feira (6).

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário