Corinthians sai na frente com golaço, mas Atlético-GO empata no fim

O Corinthians vencia o Atlético-GO até os 43 minutos, mas sofreu o empate e o placar terminou em 1 a 1, no domingo, em Goiânia, pela 20ª rodada do Brasileirão-2021. Com um golaço de Gabriel Pereira, o desfalcado Timão saiu na frente, mas viu Zé Roberto, em gol muito reclamado pelos corintianos, igualar o marcador para o Dragão. Os visitantes seguem 6º e os visitantes ficam em 8º.

Primeira etapa sem muitas emoções e jogo “arrastado” de ambos os times

O primeiro tempo começou com um lance que não refletiu o restante do duelo. Logo no minuto inicial, Giuliano roubou a bola e entregou para Róger Guedes, que finalizou, mas houve um desvio para fora. Dali em diante, o tédio e a atuação ruim da arbitragem reinaram na primeira etapa. O time da casa teve mais liberdade para trocar passes, mas pouco levou perigo para Cássio.
Somente aos 21 minutos o Timão teve uma boa chance. Foi com Fagner, arriscando de longe e obrigando Fernando Miguel a colocar para escanteio. Enquanto isso, o Dragão tinha bastante dificuldade para finalizar, apesar do enorme espaço que tinha para trabalhar a bola no campo de ataque.
O Corinthians voltou a assustar aos 35 minutos, quando Gabriel Pereira foi para a linha de fundo e cruzou para trás, mas Gustavo Mosquito furou e não conseguiu finalizar. Antes do apito final do primeiro tempo, a melhor chance até então: Fagner cruzou para a área e Róger Guedes, de cabeça no segundo pau, mandou para fora. Assim, o jogo foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

Talento de Gabriel Pereira abre o placar e Zé Roberto empata em gol polêmico

Na volta do vestiário, o Corinthians precisou trocar Fagner, que sentiu incômodo no pescoço, por Du Queiroz. O jovem acabou fazendo uma boa jogada de ultrapassagem pela direita e quase abriu o placar logo aos sete minutos. Aos 14, em jogada individual, Gabriel Pereira driblou duas vezes o mesmo zagueiro e bateu no cantinho do goleiro Fernando Miguel para marcar seu primeiro gol como profissional e abrir o placar para o Alvinegro.
Em seguida, o Atlético-GO aproveitou a desatenção da zaga corintiana e chegou com perigo por três vezes, mas os visitantes acabaram se livrando de tomar o empate. A partir dali, o time da casa chegava com facilidade, girando em cima dos defensores alvinegro, mas seguia com péssima qualidade na finalização. Nesse interim, Roni deixou o campo sentindo dores e Vitinho entrou no Timão.
O Dragão seguia mais com a bola, enquanto o Alvinegro buscava se defender e sair em contra-ataques, mas a pouca criatividade da equipe goiana e a falta de qualidade nas finalizações facilitou a vida da defesa corintiana. No entanto, aos 43 minutos, Natanael cobrou falta no segundo pau e Zé Roberto completou para a rede, empatando o placar. O lance foi analisado pelo VAR, por uma possível interferência de um jogador impedido, mas o árbitro deu o gol.
Depois de muita reclamação, o jogo recomeçou com ambos os times buscando o segundo gol para desempatar a partida. Aos 52 minutos, Montenegro aproveitou cruzamento e subiu mais do que a zaga para cabecear, mas Cássio fez um milagre e salvou o Corinthians da derrota fora de casa.

E agora?

Com o empate, o Corinthians chega a 29 pontos na tabela e permanece na sexta posição. No próximo domingo, recebe o América-MG na Neo Química Arena, às 18h15, pela 21ª rodada da competição. Já o Atlético-GO vai a 26 pontos e com um jogo a menos, ocupando a 8ª posição na classificação. O próximo compromisso será no domingo, contra o São Paulo, fora de casa.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 x 1 CORINTHIANS
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)
Data-Hora: 12/9/2021 – 18h15
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Zé Roberto, Igor Cariús, João Paulo e Willian Maranhão (AGO) Fábio Santos e Raul Gustavo (COR)
Cartões vermelhos: –
Gols: Gabriel Pereira (14’/2ºT) (0-1), Zé Roberto (43’/2ºT) (1-1)

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu (Ronald, aos 10’/2ºT), Wanderson (Oliveira, aos 34’/2ºT), Éder e Igor Cariús (Rickson, aos 18’/2ºT); Willian Maranhão (Lucão, aos 18’/2ºT), Gabriel Baralhas e João Paulo (Brian Montenegro, aos 34/2ºT); Arnaldo, Natanael e Zé Roberto. Técnico: Eduardo Barroca.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Du Queiroz, no intervalo), João Victor, Raul Gustavo e Fábio Santos; Gabriel, Roni (Vitinho, aos 25’/2ºT) e Giuliano (Araos, aos 50’/2ºT); Gustavo Mosquito (Xavier, aos 32’/2ºT), Gabriel Pereira (Marquinhos, aos 32’/2ºT) e Róger Guedes. Técnico: Sylvinho.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário