‘Buscaremos derrotar a PEC da reforma administrativa no plenário’, promete Alice Portugal

A deputada federal Alice Portugal (PCdoB) disse, na quarta-feira (1), que a oposição vai buscar derrotar a PEC-32, da Reforma Administrativa, no plenário da Câmara dos Deputados. O relatório da proposta, de autoria do deputado baiano Arthur Maia (DEM), foi lido na manhã de hoje e não agradou a oposição, que enxerga riscos à estabilidade dos servidores, embora não expressamente extinta no relatório, e desestímulo à prestação de concursos públicos, uma vez que é prevista a contratação por períodos de dez anos – a proposta inicial era de seis anos.
“A PEC 32 não serve ao estado brasileiro e ao setor público”, disse Alice Portugal, durante coletiva realizada na Câmara dos Deputados. Sobre o relatório do colega baiano, ela afirmou que “contém alguns avanços e amortecimentos em relação à aridez aqui trazida na proposta do governo federal”. “Mas não houve conserto em seu conteúdo essencial, pois a estabilidade é mantida, mas é relativizada com razoável processo de avaliação que levará à redução do número de servidores”, declarou a comunista.
Alice aponta ainda que a maior abertura a convênios e assessoramentos privados de todas as ordens não levam em consideração a natureza típica do Estado, que, segundo ela, deve moderar e servir de paradigma às próprias relações de mercado. “[O relatório] mantém o elemento crucial, a alma desse relatório, que é a privatização do serviço público”, comentou a deputada federal comunista.

Davi Lemos

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário