Policial Militar e professor da UESC, Adir Oliveira é assassinado durante assalto na zona rural de Ilhéus


O soldado da polícia militar Adir Pires Fontes de Oliveira, 40 anos de idade, foi assassinado com vários tiros na noite deste domingo (1º) na zona rural de Castelo Novo, zona norte de Ilhéus.
De acordo com informações do blog Fábio Roberto Notícias, cerca de seis homens encapuzados chegaram até o local e anunciaram o assalto. Eles tomaram a arma do policial e efetuaram disparos. Logo em seguida, fugiram.
Adir era lotado na 68ª Cipm da turma de 2008, e também atuava como enfermeiro, Professor de Educação Física e DJ. Nas eleições de 2020, disputou a vereança pelo Partido Republicanos, mas não obteve êxito. Ele era morador do Condomínio Residencial Rio Cachoeira, no Banco da Vitória, e era estudante do curso de Direito na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário