Morre ex-senador João Lyra, devido a problemas respiratórios

O ex-senador João Lyra (PTB-AL) morreu na quinta-feira (12) aos 90 anos. Ele estava internado em Maceió (AL), por conta de problemas respiratórios. Nos últimos três meses, João Lyra foi diagnosticado com Covid-19, teve pneumonia e passou por uma cirurgia de apêndice. Após se recuperar da infecção pelo coronavírus, ele precisou ser internado novamente.
Empresário, político e fundador do Grupo João Lyra, o ex-senador nasceu em Recife (PE) no dia 17 de junho de 1931. Bacharel em Direito, foi senador entre 1989 e 1991, substituindo Guilherme Palmeira, que havia conquistado a prefeitura de Maceió. Foi eleito deputado federal em 2002 e em 2010. Também já tentou o governo de Alagoas, mas sem sucesso. Era considerado o deputado mais rico do país, com patrimônio declarado de R$ 240 milhões.
Pelo Twitter, o senador Fernando Collor (Pros-AL) se disse “profundamente consternado” com a notícia. Collor publicou uma foto com Lyra, a quem chamou de “meu amigo”. O senador ainda registrou que “como empresário de sucesso e homem público, Lyra fez história ao acreditar em Alagoas e dedicar sua vida para servir à nossa gente”.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário