Médico José Alberto Hermógenes morre por complicações da Covid-19

Um dos idealizadores do Sistema Único de Saúde (SUS), o médico sanitarista José Alberto Hermógenes morreu em Salvador em decorrência de uma síndrome respiratória aguda grave, por complicações da Covid-19. Ele tinha 76 anos.
José Alberto internado no Hospital da Bahia no dia 30 de junho. No dia 10 de agosto, ele foi transferido para uma clínica de cuidados paliativos. O velório do médico será às 10 horas desta segunda-feira (23). O corpo dele será cremado às 10h30, no Cemitério Bosque da Paz, no bairro de Nova Brasília.
Ele foi um dos principais articuladores da Reforma Sanitária Brasileira, que originou o SUS. José Alberto coordenou o projeto de Comissão Nacional da Reforma Sanitária em 1987, que foi aprovado ainda na Assembleia Nacional Constituinte de 1988.
José Alberto também foi secretário de Saúde da Bahia e secretário-geral do Ministério da Saúde nas gestões dos ministros Roberto Santos e Jamil Haddad. Em 1993, ele chegou a ser ministro interino da Saúde.
O médico sanitarista também foi presidente da Fundação Serviços de Saúde Pública (FSESP) e da Bahiafarma, além de secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde.
José Alberto foi vacinado contra a Covid-19 em fevereiro e tinha comorbidades que agravaram o estado de saúde dele, ao ser internado em junho. Não há detalhes sobre qual doença crônica o médico tinha. A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) prestou homenagens ao médico

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário