Lula aposta que PP logo deixará Bolsonaro e tenta atrair partido para base de apoio

No Nordeste, Lula busca forjar alianças com o partido do Centrão

(Foto: Foto: Foto Ricardo Stuckert)

No Nordeste, o ex-presidente Lula vem investindo na articulação com líderes do PP, sigla referencial do Centrão e que sustenta Bolsonaro no poder. Para o petista, no entanto, o "casamento" do PP com o governo não durará tanto tempo.
"Eu não sei por quanto tempo o Ciro [Nogueira] ficará com Bolsonaro. Não tenho nenhuma certeza. Acredito que esse casamento será mais curto do que se imagina", disse Lula em Teresina (PI), em entrevista à imprensa.
"O Bolsonaro levou Ciro [Nogueira] para o governo como se fosse um deus para salvar a articulação política dele. Eu quero dizer que um governo que se comporta como o presidente Bolsonaro não terá sustentação no processo eleitoral", acrescentou.
Na entrevista em Teresina, Lula indicou, ainda, que atuará para trazer membros do PP para o seu palanque em 2022.
Lula se reuniu com líderes do PP em Pernambuco. Na próxima semana, está marcado um jantar com a presença do vice-governador João Leão, presidente estadual do PP na Bahia. (Com informações da Folha de S.Paulo).

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário