José Serra é diagnosticado com Parkinson e pede licença no Senado por 4 meses

O senador José Serra (PSDB), em sessão no Plenário do Senado em fevereiro de 2021. — Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O senador José Serra (PSDB-SP) divulgou nesta terça-feira (10) que vai se licenciar do cargo pelos próximos quatro meses para tratamento médico. A nota afirma que, após avaliações neurológicas na última semana, ele foi diagnosticado com doença de Parkinson em estágio inicial, o que “requer um período de adaptação à medicação”.

Além disso, o tucano também vai tratar do seu distúrbio do sono.

“O parlamentar encontra-se em bom estado de saúde, mas optou pelo afastamento para que seu suplente, José Aníbal, possa assumir, sem deixar a cadeira de senador por São Paulo em vacância durante o período do tratamento experimental. A decisão também evitará eventuais paralisações no andamento dos projetos em favor do país”, afirma a nota.

Em julho, o senador esteve internado por conta de Covid-19.

O senador, que já aprovou 26 projetos na Casa – dos quais, 11 já viraram lei -, e tem mais 47 proposições aguardando votação no Senado e 16 na Câmara, está seguro de que, ao final desse período, retomará suas atividades com toda a disposição e proatividade que vêm pautando sua atuação no Senado desde 2015.

Com informações do G1

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário