DOM MAURO MONTAGNOLI RENUNCIA E PAPA NOMEIA NOVO BISPO DA DIOCESE DE ILHÉUS


Dom Mauro renúncia ao comando da diocese e será substituído por Dom Giovanni || Montagem Pimenta

O Vaticano aceitou o pedido de renúncia do bispo da Diocese de Ilhéus, dom Mauro Montagnoli, e definiu o seu sucessor na condução do rebanho católico. No pedido de renúncia e aposentadoria, dom Mauro alegou “motivo de idade”. Dom Giovanni Crippa foi nomeado pelo Papa Francisco, nesta quarta-feira (11), o 9º bispo da diocese ilheense.
Dom Giovanni Crippa I.C.M. (Instituto Missionário Consolat) vem da Diocese de Estância (Sergipe). Segundo comunicado da diocese, ainda será definida a data e a programação de posse da nova autoridade religiosa em Ilhéus.
O anúncio da mudança na diocese foi feito pelo bispo dom Mauro, que deixa o comando da Diocese de Ilhéus após 26 anos. Muito querido pela comunidade católica regional, dom Mauro completou 75 anos e teve seu pedido de aposentadoria aceito pelo Vaticano.
“Agradecemos sua valiosa contribuição para a missão da Igreja na Bahia e, especialmente, para a Igreja no Brasil e da América Latina colaborando especialmente na caminhada do Laicato, da Juventude e das Comunidades Eclesiais de Base”, escreveu o presidente da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Walmor Oliveira de Azevedo, que é arcebispo de Belo Horizonte.
O novo bispo de Ilhéus, dom Giovanni Crippa, é italiano e membro do Instituto Missionário Consolata. Atuou como sacerdote em Feira de Santana e foi bispo-auxiliar na Arquidiocese de São Salvador (Bahia). Com a renúncia, dom Mauro foi nomeado bispo emérito da diocese sul-baiana. Continue lendo AQUI


Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário