Dois baianos estão na disputa pelo prêmio de melhor cacau do mundo

Dois produtores de cacau da cidade de Uruçuca, no sul da Bahia vão concorrer em outubro ao prêmio Cocoa of Excellence, do Salon du Chocolat de Paris, o mais importante evento de chocolate e cacau do mundo. O evento, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia, vai ter disputa neste ano, de forma virtual.
Foram inscritas 235 amostras de todos os países produtores. Os vencedores serão conhecidos entre fim de outubro e começo de novembro. Além dos baianos João Tavares e Angélica Maria Tavares, o Brasil será representado no concurso pelo paraense João Evangelista Lima.
A Bahia era o maior produtor brasileiro de cacau, mas foi superada pelo Pará nos últimos dois anos. Em 2020, registrou 144.663 mil toneladas, com uma produtividade média de 964 quilos por hectare, o que corresponde a 51,54% da produção nacional, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Bahia colheu 118 mil toneladas. No ano anterior, o Pará tinha colhido 130 mil toneladas.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário