BAHIA INCLUI ADOLESCENTES SADIOS NA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 E ANTECIPA 3ª DOSE DE GRUPOS PRIORITÁRIOS

Medidas foram anunciadas nesta sexta-feira || Foto Leonardo Rattes/Sesab

Na sexta-feira (27), a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa com representantes de todos os municípios da Bahia, incluiu adolescentes sem comorbidades na campanha de vacinação contra a Covid-19. Também decidiu antecipar a terceira dose da vacina para idosos acima de 80 anos, idosos que vivem em instituições de longa permanência, pessoas com o sistema imunológico fraco e profissionais de saúde com mais de 60 anos que atuam linha de frente de combate ao novo coronavírus.
A secretária da Saúde em exercício Tereza Paim explicou que a antecipação da dose de reforço para os grupos prioritários tem o objetivo de conter o avanço da variante Delta, que já foi identificada no estado (veja aqui).
Conforme a CIB, a vacina de reforço deve ser aplicada com intervalo mínimo de seis meses em relação à última dose, no caso de idosos, pessoas institucionalizadas e profissionais de saúde. Já para pessoas imunossuprimidas, a terceira dose deve ser aplicada com intervalo de 28 dias em relação à segunda. A imunização deverá ser feita, preferencialmente, com a vacina da Pfizer ou, de maneira alternativa, com Janssen ou AstraZeneca.

VACINAÇÃO ESCALONADA

No escalonamento por idade, apenas os municípios que já alcançaram a vacinação de pessoas com 18 anos poderão avançar para a faixa etária de 17 a 12 anos sem comorbidades, em ordem decrescente. Para este grupo, a vacinação deverá acontecer, obrigatoriamente, com o imunizante da Pfizer, único autorizado para uso nesse público-alvo pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário