VÍTIMA DE CÁRCERE PRIVADO TEM UM DIA DE PRINCESA NA BAHIA


Mulher tem dia de princesa

Unhas feitas, cabelo e sobrancelha impecáveis e, o mais importante, liberdade para viver sem sofrer perseguição. Quem passou pela transformação no visual e vive uma nova fase na vida é Patrícia Barbosa. A jovem foi resgatada por policiais da Base Comunitária de Segurança (BCS) do Calabar, em Salvador, no ano passado, depois de sofrer violência do marido por 15 anos.
Além de lavar e hidratar o cabelo, a jovem fez as unhas, design de sobrancelhas e maquiagem com profissionais do salão Jane Esmalteria HB e recebeu presentes entregues projeto Sororidade Entre Mulheres, desenvolvido no bairro.

PATRÍCIA BARBOSA FOI RESGATADA ANO PASSADO

Em outubro do ano passado, a comandante da BCS Calabar, capitã Aline Muniz, estava de serviço quando foi acionada para uma invasão a domicílio. “Lá, percebemos que a mulher e seus três filhos sofriam violência doméstica e viviam em situação de cárcere privado. Fizemos o resgate da família e encaminhamos para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher para formalização do crime”, lembrou a oficial.
A unidade de policiamento comunitário conseguiu um abrigo para a família, posteriormente transferida para um imóvel alugado com o apoio da Prefeitura de Salvador. A família recebe parte do aluguel e o benefício Bolsa Escola.
A policial contou que na época do resgate, a vítima sofreu abusos físicos e psicológicos por ela e seus três filhos, menores de 15, 9 e 7 anos, por cerca de 15 anos. Ela foi libertada sem os dentes devido a falta de cuidado. “Quando encerramos a situação de violência prometemos a ela um dia de princesa e ontem, com o apoio de nossos parceiros, conseguimos realizar esse desejo. Também conseguimos cuidar dos dentes dela e colocar implantes”, finalizou Muniz.
O agressor foi alcançado em fevereiro durante ação da Deam (Brotas) e da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), após mandado ser expedido pela 4ª Vara de Violência Doméstica. A vítima tem medida protetiva de urgência e permanece acompanhada pela Operação Ronda Maria da Penha.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário