'Tem que aplicar a lei', diz General Santos Cruz sobre ameaças às eleições de 2022




Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-ministro do governo Jair Bolsonaro (sem partido) e general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz criticou as reiteradas ameaças às eleições no Brasil. Durante participação no UOL News na tarde de sexta-feira (23), ele defendeu que Justiça brasileira atue para punir esse tipo de atitude.
"A Justiça tem que exigir dessas pessoas a responsabilização legal para o que elas estão fazendo. O problema é que nós não estamos aplicando a lei", opinou. "Tem que ser contundente, tem que ser forte nas respostas, e tem que aplicar a lei", completou.
O ex-ministro comentou as recentes declarações atribuídas ao ministro da Defesa, Walter Braga Netto, que mandou um recado condicionando a realização das eleições de 2022 à aprovação do voto impresso, conforme reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.
"Isso fere frontalmente um fundamento importante da democracia. E não é só esse fato, isso aí vem acontecendo. São pessoas se pronunciando, governante falando que eleição foi fraudada, governante falando que estão preparando para fraudar eleição", disse.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário