Prefeitura continua na guerra contra o Aedes aegypti em Itabuna

A Prefeitura de Itabuna não tem dado trégua ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zica vírus. Na semana passada, Agentes de Combate às Endemias da Diretoria de Vigilância à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde visitaram diversos os bairros, a exemplo do Lomanto, Bananeira e Jardim Grapiúna. Na quinta-feira, foi realizado um mutirão no bairro da Conceição.
Além de ações de combate e controle do mosquito, por meio de vistorias em quintais, recolhimento de vasilhames que possam acumular água parada, os profissionais da saúde também orientaram as famílias sobre os cuidados que devem ser adotados para evitar que o transmissor das arboviroses se prolifere na cidade.
Durante as visitas domiciliares, os agentes orientam as famílias de como eliminar objetos que possam conter água parada, lavar regularmente tanques e demais reservatórios de água e até o descarte correto do lixo doméstico. O supervisor dos agentes de endemias, Clodoaldo Santos de Oliveira, disse que não basta apenas realizar atividades para o combate e o controle ao mosquito, se não houver a participação em peso da população nessa guerra que é de todos.
“É preciso a conscientização, o apoio e a participação maciça de todas as famílias em todas as áreas da cidade. Só assim, evitaremos que o mosquito prolifere”. Clodoaldo lembra que entre 70% e 90% dos criadouros estão dentro das residências, dai a importância da orientação e o cuidado redobrado em casa.
A chefe da Divisão do Programa de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, Lucimar Santos Ribeiro, reafirma que o trabalho de prevenção, combate e controle do mosquito é rotina diária dos agentes de endemias. “Eles têm um papel fundamental na comunidade para a orientação das pessoas”, enfatiza.

Departamento de Comunicação Social
Secretaria de Relações Institucionais e Comunicação

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário