POLÍCIA PRENDE 3 SUSPEITOS DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO CONTRA VEREADOR

Adernoel Mota foi atingido por dois tiros em Luís Eduardo Magalhães, em março deste ano

A Polícia Civil prendeu hoje (14) três suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio contra o vereador Adernoel Mota de Santana (PTC), de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. O crime ocorreu no dia 17 de março deste ano, quando o parlamentar foi atingido por dois disparos de arma de fogo, na mesma cidade.
No dia 18 de março, Dé do Sol do Cerrado, como o vereador é conhecido, passou por cirurgia no Hospital Geral do Oeste, em Barreiras. Recuperado, voltou à Câmara em abril.

INVESTIGAÇÃO APONTA EXISTÊNCIA DE MANDANTE

O delegado Leonardo Almeida, da Delegacia Territorial de Luís Eduardo Magalhães, disse que os três suspeitos agiram a mando de uma quarta pessoa. “As investigações prosseguem, com o intuito de chegar até o mandante da ação delituosa”, acrescentou.
Batizada de Operação Cerrado, a diligência desta quarta-feira teve o apoio da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Barreiras). Os suspeitos foram presos na zona rural de Barreiras, nas imediações da Cachoeira do Redondo.
A Polícia Civil vai pedir que a Justiça converta as prisões temporárias em preventivas, ou seja, sem tempo determinado. O trio ficará detido no Conjunto Penal de Barreiras.
Segundo o delegado Leonardo Almeida, um dos presos já era alvo de mandado de prisão por homicídio.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário