No mês de luta contra as hepatites virais, Cepart promove ações e testagens em Itabuna.

O Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento (Cerpat), vinculado à Diretoria da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde realizou na manhã desta sexta-feira, dia 9, mais uma ação que integra a programação da Campanha Julho Amarelo – Mês de luta contra as hepatites virais. Durante todo o mês, Itabuna vai contar com ações de orientação e esclarecimentos.
A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Maristella Antunes, lembra que as ações preventivas e de promoção à saúde são desenvolvidas durante todo ano, mas que existem datas e campanhas específicas que recebem um reforço com ações especiais, como a que está acontecendo neste mês. “Durante todo o mês preparamos diferentes ações tanto no ambiente interno do Cerpat, com os pacientes acompanhados pelo Centro, como também atividades externas”, explicitou.
Hoje, por exemplo, foram distribuídos insumos (panfletos informativos e preservativos), além de realizados testes rápidos com 120 agentes da Guarda Civil Municipal e da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran).
“Disponibilizamos para cada pessoa quatro tipos de testes: Hepatites B e C, Sífilis e HIV. O resultado sai bem rápido. Caso seja positivo, no mesmo dia o paciente já recebe as informações necessárias referentes ao tratamento e acompanhamento na unidade”, informa a coordenadora do Cerpat, Fernanda Barros.

A CAMPANHA

A campanha “Julho Amarelo” foi instituída no Brasil pela Lei nº 13.802/2019, com o objetivo de reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais. Importante lembrar que a hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas.
Nem sempre a doença apresenta sintomas, mas quando aparecem, estes se manifestam na forma de cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Por isso, as pessoas devem ficar atentas para que o médico seja imediatamente procurado para que sejam feitos o tratamento e acompanhamento.
O Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento (Cerpat) é responsável pela prevenção e tratamento dos portadores de HIV/Aids, ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis ) e Hepatites Virais.
O atendimento é feito por meio de demanda espontânea e demanda referenciada para pacientes de Itabuna e de outras 30 cidades pactuadas no Sistema Único de Saúde (SUS). Conta a unidade com 15 profissionais, entre eles, médicos (patologistas, infectologistas, clínico geral, pediatra), farmacêuticos, enfermeiros, técnicos em laboratório, psicólogos e assistentes sociais, de segunda a sexta-feira, das 07 às 17 horas, sem fechar para o almoço.

Ascom - Prefeitura de Itabuna

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário