GOVERNO FEDERAL APOIA CRIAÇÃO DE POLO DA ROTA DO MEL NA BAHIA


Unidade deve atender produtores de mel de cerca de 50 municípios nas regiões de Bom Jesus da Lapa e Irecê

O governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), apoia a implementação de um polo da Rota do Mel no estado da Bahia. As oficinas para a fixação da unidade, que vai atender criadores de abelhas de cerca de 50 municípios das regiões de Bom Jesus da Lapa e Irecê, foram realizadas nesta semana com a presença de técnicos da pasta. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf) é parceira da iniciativa.
“Acredito que a implantação da Rota é de fundamental importância. Ela contribuiria, sem dúvida nenhuma, para a geração de emprego e renda e para a diminuição das desigualdades regionais e sociais”, destaca o assessor especial do MDR Aldo Dantas. “Para se ter uma ideia, nós esperamos que, das quase 700 toneladas produzidas artesanalmente na região, seja possível duplicá-las para cerca de 1,4 mil toneladas”, completa.
Nesta semana, foram realizadas oficinas técnicas para a formatação do polo na região do Médio São Francisco. “Neste primeiro momento, vamos dar apoio técnico para os produtores. Vamos conhecer mais a fundo o que eles fazem e quais suas necessidades para que o polo da Rota do Mel possa alavancar a produção aqui na região. Posteriormente, poderemos ter investimentos diretos para dar mais força à apicultura local”, explicou o coordenador nacional da Rota do Mel, Samuel Castro.
O estado da Bahia é um dos maiores produtores de mel do Brasil, sendo a sétima unidade da Federação que mais produziu em 2019, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

ROTA DO MEL

A Rota do Mel integra as Rotas de Integração Nacional, iniciativa prioritária no âmbito da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), que tem como objetivo estruturar e potencializar uma rede de arranjos produtivos locais (APLs), capazes de acelerar o crescimento econômico e social das diversas regiões do país.
Atualmente, há sete polos da Rota do Mel instalados no Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. O mais recente deles é o do sudeste do Pará, nas cidades de Canaã dos Carajás, Eldorados dos Carajás, Parauapebas e Curionópolis.
O Brasil ocupa a 11ª posição no ranking mundial da produção de mel. Em 2019, segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), foram quase 46 mil toneladas produzidas, grande parte voltada à exportação.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário