Flamengo joga mal outra vez, perde para o Atletico-MG e deixa Ceni em situação delicada

O clima já não estava bom para a permanência do técnico Rogério Ceni. E só a vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG amenizaria a pressão. Mas além de não ganhar, o time voltou a jogar mal, levou 2 a 1 em Belo Horizonte e só esboçou reação no fim, mesmo com a volta de Arrascaeta, que desperdiçou a chance do empate nos acréscimos.
Depois de um primeiro tempo equilibrado em finalizações, em que a equipe rubro-negra foi superada na posse de bola e errou muitos passes, sobretudo com a novidade da escalação, o zagueiro Bruno Viana, na etapa final o Flamengo sucumbiu diante das mexidas de seu treinador.
Arão voltou para a zaga, e falhou junto com Filipe Luís nos gols de Savarino. Mas conseguiu diminuir com cabeçada precisa que deu esperança por alguns minutos. Mas se consumou a quarta derrota nos últimos seis jogos, a segunda seguida do Flamengo no Brasileiro. O time cai para a décima primeira posição, com 12 pontos, e dois jogos a menos. Tem mais uma partida, diante da Chapecoense, antes de o time estar completo com Gabigol e Éverton Ribeiro. E focar na Libertadores, dia 14, contra o Defensa y Justicia.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário