AL-BA: relator pede suspensão do mandato de Capitão Alden por 30 dias

O deputado Luciano Simões Filho, que é relator no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa da Bahia do processo contra o deputado Capitão Alden (PSL), pediu que o colegiado suspenda temporariamente o mandato do parlamentar, pelo prazo máximo de 30 dias. O relatório foi lido na quarta-feira (14).
“O representado não respeitou e não cumpriu com leis e normas de regência da AL-BA. Praticou injustificadamente ofensas direcionadas a seus pares, não agindo com respeito que se espera entre deputados, e desencadeou na afronta ao poder legislativo estadual”, afirmou.
Capitão Alden acusou a bancada oposicionista na Casa de receber mensalmente R$ 1,6 milhão, da Prefeitura de Salvador. O texto será votado na próxima semana.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário