Agricultura Familiar celebra Dia Mundial do Chocolate com assistência técnica direcionada para cacauicultura


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vem adotando, desde 2020, uma modalidade de Ater via contrato com consórcios públicos, para ampliar esse serviço essencial, para o desenvolvimento da lavoura cacaueira, envolvendo os municípios que tem, na sua base econômica, a produção do cacau como atividade protagonista. Nesta quarta-feira, 7 de julho, é comemorado o Dia Mundial do Chocolate e a agricultura familiar da Bahia celebra esse dia com investimentos em ações para aumentar a qualidade da amêndoa de cacau produzida, entre elas, uma estratégia inovadora, a nova modelagem de assistência técnica e extensão rural (Ater), voltada para o sistema produtivo do cacau.
O chefe de gabinete da SDR, Jeandro Ribeiro, explica que esse é o resultado da ampliação da cobertura de Ater já existente: “Diferente da outra modelagem é que o foco é em cima do sistema produtivo e, o cacau, como tem predominância na atividade econômica desses municípios, vai impactar diretamente na economia. A atividade econômica do comércio e dos agentes financeiros locais vão girar em torno dessa ação do Governo do Estado, com envolvimento direto das secretarias de Agricultura. Queremos sair de uma produtividade média histórica de 16 a 18 arrobas por hectare para uma média de 60 arrobas por hectare”. Leia mais AQUI...

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário