VENERÁVEIS DAS LOJAS MAÇÔNICAS DE ITABUNA TOMARÃO POSSE EM SOLENIDADE VIRTUAL

Texto e foto/Walmir Rosário

José Augusto Ferreira Filho tomará posse como venerável mestre da Loja Maçônica Acácia Grapiúna

Augusto Ferreira foi eleito venerável mestre da Loja Maçônica Acácia Grapiúna

As lojas maçônicas de Itabuna filiadas à Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia (GLEB) realizarão sessões magnas para empossar os veneráveis mestres eleitos no final de maio passado. A solenidade de posse será presidida pelo grão-mestre Arlindo Alves Pereira Neto, atendendo o protocolo de recomendações de segurança instituído pelo Ministério da Saúde.
Os novos veneráveis a serem empossados no dia 1º de julho são José Augusto Ferreira Filho (advogado e servidor municipal) – Loja Maçônica Acácia Grapiúna; Paulo Alves Dantas (empresário) – Loja Maçônica Areópago Itabunense; Antônio Pimenta Neto (professor), reeleito ao cargo – Loja Maçônica Construtores do Templo; e Panagiotis Gerogiannis (empresário) – Loja Maçônica Areópago Grapiúna. Os mandatos são para o período 2021/2022.
Na Loja Maçônica 28 de Julho foi reeleito o venerável mestre Rafael Gama Moreira, cuja reassunção está confirmada para a próxima segunda (14), em sessão magna presencial, na qual serão adotados todos os protocolos de segurança. Já o venerável mestre da Loja Maçônica Antônio Costa, José Joel Pereira Macedo, será empossado em data ainda a ser agendada. Os dois mandatos são para o período 2021/2023.
Atualmente existem em Itabuna seis Lojas Maçônicas. Quatro são filiadas à Grande Loja do Estado da Bahia (GLEB) – Loja Maçônica Areópago Itabunense, Loja Maçônica Acácia Grapiúna, Loja Maçônica Construtores do Templo e Loja Maçônica Areópago Grapiúna. As outras duas – Loja Maçônica 28 de Julho e Antônio Costa, são filiadas ao Grande Oriente do Brasil (GOB).

MISSÃO DA MAÇONARIA UNIVERSAL

Para o venerável mestre eleito da Loja Maçônica Acácia Grapiúna, José Augusto Ferreira Filho, com a pandemia ampliaram-se os desafios da Maçonaria Universal, o que não é diferente em Itabuna. “Nossa missão é empreender esforços para transpormos as dificuldades impostas pela nova ordem internacional – como sempre fizemos –, em busca de construirmos uma sociedade mais justa”.
José Augusto Ferreira Filho reforça que, diante do novo cenário criado pela pandemia, em que não são recomendados os encontros presenciais, os maçons continuam se reunindo de modo virtual para que possam ouvir e analisar as demandas da sociedade. Na opinião do novo venerável, cada vez mais os maçons de todas as lojas estão interagindo no sentido de contribuir com uma vida melhor à humanidade.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário