REFERÊNCIA EM COVID-19, HOSPITAL DE CAMPANHA TEM 100% DOS LEITOS DE UTI OCUPADOS


Augusto faz alerta para avanço da covid-19

Na segunda (7), o Hospital de Campanha de Itabuna atingiu 100% de ocupação de leitos de terapia intensiva, reservados aos pacientes com quadro grave da Covid-19. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital possui 20 leitos, 5 dos quais de retaguarda. Dos internados nos 15 leitos de terapia intensiva, 60% são pacientes de Itabuna.
Desde a sua abertura, o hospital atendeu a 147 pacientes, dos quais 102 receberam alta. A unidade de referência recebe investimento mensal de R$ 2 milhões, segundo o prefeito Augusto Castro. O Hospital de Campanha atende pacientes de Itabuna e de cidades circunvizinhas por meio de leitos regulados pelo Governo do Estado.
Hospital de Campanha é referência para atendimento covid-19 || Foto Pedro Augusto

“Se não fosse o Hospital de Campanha, os pacientes teriam que aguardar na fila da regulação, o que aumentaria risco de serem transferidos para outras cidades. Até esta segunda-feira, 15 pacientes estão internados na UTI e seis na enfermaria, fora que os leitos restantes são de retaguarda”, destaca a secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes.
O prefeito Augusto Castro, que foi acometido pela Covid-19, no início da pandemia ano passado e que ficou 55 dias internados, sendo 44 dias na UTI entubado, lembrou que o Hospital de Campanha foi um compromisso firmado com a população de Itabuna. “Quem passou pela aflição da Covid-19, como eu, sabe o quanto é difícil vencer essa doença. Graças a Deus e as correntes positivas de oração, me foi dado por Deus uma nova oportunidade. O Hospital de Campanha é um compromisso meu para com a vida”, frisou.COMPROMISSO
O prefeito lembra que a unidade implantada tem equipamentos com tecnologia de ponta, os mesmos utilizados nos grandes centros, e “conta com equipe de multiprofissionais completamente comprometidos em salvar os pacientes ali internados,” disse Castro.
Na iminência de uma terceira onda da doença provocada pela pandemia do novo coronavírus, o prefeito de Itabuna pretende implantar a testagem em massa na cidade para ajudar a combater a Covid 19. Mas adverte que as pessoas devem seguir as recomendações quanto ao distanciamento social, uso de máscaras, álcool gel 70% e higienizar as mãos com água e sabão várias vezes ao dia.

DESABASTECIMENTO

Além dos desafios diários dos 171 profissionais de saúde para salvar vidas, o Hospital de Campanha enfrenta escassez de medicação. A secretária de Saúde, Lívia Mendes, disse que há uma falta dos kits de intubação. “No entanto, o problema não é o recurso para a compra dos produtos e, sim, o desabastecimento de insumos para a produção dos medicamentos essenciais no tratamento da Covid -19. Já solicitamos um reforço de medicação à Secretaria Estadual de Saúde”, afirmou Lívia Mendes.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário