Polícia Civil prendeu, no total, 380 pessoas na Bahia no âmbito da Operação ‘Narco Brasil’

Os 417 municípios baianos foram alvos da Operação Narco Brasil, deflagrada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em todo o território nacional e integrada pela Polícia Civil da Bahia, por meio de três departamentos. As ações, realizadas entre 1º e 24 de junho, contabilizaram 380 prisões e a apreensão de 354 quilos de drogas em todo estado.
Além de prisões em flagrante, mais de 250 policiais civis dos Departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin) e da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão de envolvidos com o tráfico de drogas na Bahia.
“O tráfico de drogas é um crime que impulsiona outros, a exemplo dos homicídios, formação de grupos criminosos, além dos crimes contra o patrimônio. Estes resultados da Narco Brasil representam o enfraquecimento da criminalidade e o fortalecimento da ordem social em nosso estado. A Polícia Civil da Bahia seguirá integrada com o MJSP e todas as instituições envolvidas com a segurança pública, em defesa da sociedade baiana”, afirmou a delegada-geral Heloísa Campos de Brito.
A Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária (AEXPJ), do Gabinete da Delegada-Geral (GDG), coordenou as ações, que também apreenderam 90 armas de fogo e cumpriram 61 mandados de busca e apreensão, além de instaurar 295 inquéritos policiais e concluir 149.
“O apoio do MJSP e a integração e dedicação dos nossos delegados, escrivães e investigadores envolvidos com a operação foram fundamentais para estes resultados. Continu

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário