PM é afastado após cegar homem com bala de borracha em ato contra Bolsonaro em Recife

O policial militar que acertou uma bala de borracha no olho do arrumador Jonas Correia de França, de 29 anos, durante o ato contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Recife, foi afastado disciplinarmente.
A informação foi confirmada pela Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS). Além de Jonas, o adesivador Daniel Campelo da Silva, de 51 anos, também foi atingido no olho pela Polícia Militar no último sábado (29) e também ficou cedo de um dos olhos.
Ambos afirmaram que estavam passando pelo local e que não participavam da manifestação. O responsável por cegar Daniel ainda está sendo investigado pela SDS. Já o que feriu Jonas teve o armamento e a carteira funcional recolhidos e responderá a processo administrativo.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário