Operações policiais contra crime organizado na Bahia terminam com 18 prisões


Duas operações policiais contra o crime organizado, deflagradas na manhã desta quarta-feira (23), terminaram com 18 prisões. Segundo a Polícia Civil, 11 suspeitos foram presos nos municípios de Irecê e João Dourado. Em Salvador, seis mandados cumpridos e uma prisão em flagrante foi realizada.
As duas operações aconteceram simultaneamente pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Os resultados foram o cumprimento de 14 mandados de prisão, 19 de busca e apreensão, além de quatro prisões em flagrante, na capital e no interior do estado.
Também foram apreendidas, armas, drogas, colete antibalístico, munições, balanças de precisão, dinheiro e outros materiais usados para o tráfico.
As Operações “Tacho”, realizada na capital baiana e “Cabelo de Ouro”, no município de Irecê, tiveram como objetivo principal, o combate a grupos criminosos que atuam no tráfico de drogas, homicídios e ataques a instituições financeiras. As ações também acontecem em São Paulo, para a localização de comandantes destes grupos.
Em Salvador, a Operação Tacho prendeu cinco homens e uma mulher. Durante as diligências, uma suspeita foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, totalizando sete prisões.
De acordo com a polícia, um dos suspeitos, que teve o mandado de prisão cumprido no bairro Arraial do Retiro, também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Com ele foram apreendidos meio tablete de maconha, duas balanças de precisão, R$ 44, além de sacos plásticos para o acondicionamento dos entorpecentes.
As prisões aconteceram nos bairros de Arenoso, Arraial do Retiro, Fazenda Grande do Retiro e estação do metrô do Retiro.
Os bairros de Itapuã e Pau Miúdo também foram alvos da operação, que ainda cumpriu 10 mandados de busca e apreensão, com o apoio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Coordenação de Operações Especiais (COE).
Nos municípios de Irecê, que fica no norte da Bahia, e João Dourado, que está localizado no oeste do estado, a Operação Cabelo de Ouro cumpriu oito mandados de prisão, efetuou três prisões em flagrante e cumpriu oito mandados de buscas e apreensões.
Foram apreendidos uma motocicleta, um veículo Volkswagen Gol, um colete antibalístico, oito balanças de precisão, quatro maquinetas de cartões, dois revólveres e 16 munições calibres 32, aproximadamente cinco quilos de maconha, 81 gramas de crack e nove aparelhos celulares.
As ações foram realizadas pelas equipes da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê) e da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Irecê), que contaram com o apoio da 13ª Coorpin / Seabra e da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin).

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário