Operação Oxigênio destaca poucas ocorrências no São João de Itabuna

Operação Oxigênio teve balanço positivo após o São João

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), recebeu com bastante otimismo o balanço final da Operação Oxigênio no período junino realizada de quarta-feira a domingo, dia 27. Os números foram contabilizados pela Secretaria de Segurança e Ordem Pública (Sesop) que coordenou as equipes das secretarias e instituições envolvidas.
O chefe da Divisão de Controle de Poluição Sonora da Sesop, Wellington Santana Souza, disse que não houve apreensões de aparelhos de som, nem condução de pessoas. Nos registros, apenas a apreensão de cinco veículos e duas motos durante a operação. Além disso, quatro festas foram interrompidas, em bares e residências, após denúncias, mas sem intercorrências.
Nos primeiros seis meses do ano, mais de mil multas por descumprimento de decretos municipais relacionados à restrição da circulação noturna de pessoas durante a pandemia pela Secretaria de Indústria, Comércio, Emprego e Renda (Sicer). As multas variam de R$ 102,68 à até R$ 10.268,00.
Para a titular da Secretaria de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara, as ações preventivas e de fiscalização, aliadas ao apoio dos meios de comunicação, são muito importantes para os resultados positivos alcançados até agora pela Operação Oxigênio, que vem sendo realizada todos os finais de semana, datas festivas e feriados desde fevereiro.
Dados da Secretaria Municipal de Saúde indicam que durante todo o mês de junho, a ocupação dos leitos intensivos (UTI) exclusivos para o tratamento da Covid-19 se mantiveram acima de 90% enquanto os leitos clínicos sempre com taxas acima dos 50%.
“A Operação Oxigênio vem, justamente, para dar esse suporte de orientação, prevenção e cuidado de diminuir a quantidade de casos e de ocupações de leitos”, destacou Mariana. Segundo ela, neste trabalho, estão envolvidas as secretarias municipais de Infraestrutura e Urbanismo, Indústria, Comércio, Emprego e Renda e de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária, Guarda Civil Municipal e as polícias Militar e Civil.

Secretaria de Relações Institucionais e Comunicação
Foto Ascom

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário