Operação Faroeste: Presidente do TJ-BA convoca juiz para substituir desembargadora presa


O presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), o desembargador Lourival Almeida Trindade, convocou, nesta segunda-feira (7), o juiz de direito Josevando Souza Andrade para substituir a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, que foi presa na Operação Faroeste.
A desembargadora, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), foi presa em 29 de novembro de 2019. No dia 25 de maio, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu manter a prisão dela.
Em 2019, quando foi presa, a Procuradoria Geral da República (PGR) alegou que Maria do Socorro estaria destruindo provas e descumprindo a ordem de não manter contato com funcionários. Indícios sobre o caso foram reunidos pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal (MPF). Outras cinco pessoas foram presas ao longo das fases anteriores da operação.
Também no dia 25 de maio deste ano, o STJ manteve as prisões preventivas do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, além dos advogados Adailton Maturino dos Santos, Geciane Souza Maturino dos Santos, Márcio Duarte Miranda e Antônio Roque do Nascimento Neves, que também são suspeitos de envolvimento nos mesmos esquemas investigados na operação.
A manutenção das prisões foi determinada pelo ministro Og Fernandes, que é relator do processo, após solicitação do Ministério Público Federal.
O pedido do MPF foi feito ao STJ depois que as defesas dos investigados pediram o relaxamento das prisões ou substituição por outras medidas cautelares.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário