Bolsonaro já atacou seis dos sete senadores não alinhados a ele na CPI

Nesta segunda-feira, o presidente reiterou seus votos de ódio a Omar Aziz e criticou o senador Eduardo Braga

O presidente Jair Bolsonaro já fez ataques ou críticas públicas a seis dos sete senadores independentes e de oposição da CPI da Covid, desde o início dos trabalhos da comissão, diz a Crusoé.
“Ele já fez ataques homofóbicos ao vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues, da Rede, chamou Humberto Costa, do PT, de ‘vampiro da saúde’ e se referiu a Otto Alencar, do PSD, como ‘figura desqualificada’. O relator da CPI, Renan Calheiros, é o alvo prioritário do chefe do Planalto. ‘Temos um vagabundo inquirindo pessoas no Brasil’, disse o presidente, em um dos ataques.”
Hoje, em conversa com apoiadores, Bolsonaro atacou o presidente da CPI, Omar Aziz, e o senador Eduardo Braga, do Amazonas. Leia mais aqui.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário