Bolsonaro diz não acreditar na pesquisa em que perde para Lula


O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira 25, que não acredita na pesquisa que coloca o ex-presidente Lula como favorito nas eleições de 2022.
Em visita a Sorocaba (SP), para inauguração de centro de tecnologia, o presidente negou o superfaturamento na compra da vacina Covaxin e negou que no seu governo tenha corrupção.
Na tarde de hoje, a CPI da Covid, no Senado Federal, ouve o servidor da área técnica do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda e o irmão dele, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), sobre as supostas irregularidades na aquisição do imunizante.
“Não acredito em pesquisas. O Datafolha em 2018 dizia que eu perderia até para o [cabo] Dacciolo e todo mundo viu o que aconteceu”, disse o presidente no interior de São Paulo.
Levantamento do IPEC mostra que Lula tem 49% das intenções de voto contra apenas 23% de Bolsonaro.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário