Acusado de homicídio, detento comete suicídio por enforcamento no presídio de Ilhéus

Jussimar Virginio dos Santos, 19 anos, foi encontrado morto no presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. Ele estava detido na unidade há 15 dias. O interno cometeu suicídio usando um lençol para se enforcar. Jussimar dividia a cela com mais três detentos e era acusado de homicídio.
Atualmente, o presídio Ariston Cardoso possui uma população carcerária de 120 detentos. Jussimar foi preso no último dia 03 de junho por investigadores do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin, após matar a pauladas e pedradas Anderson Francisco dos Santos, apelidado de Andinho da Ostra, 35 anos, fato ocorrido na invasão da rua Fabiana, no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus. As informações são do blog Fabio Roberto Notícias.
De acordo com a polícia, Andinho era usuário de drogas, e estaria devendo uma determinada quantia em dinheiro para integrantes de organização criminosa com atuação na localidade e, por esta razão, foi espancado até a morte. O corpo foi removido pela equipe do Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus para necropsia e, em seguida, sepultamento.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário