Presidente da CPI da Covid critica declaração de Bolsonaro sobre a China

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), considerou que a declaração do presidente Jair Bolsonaro nesta quarta, 5, que voltou a fazer ataques à China e classificar a pandemia da covid-19 como “guerra química”, pode afetar negativamente a capacidade de o Brasil conseguir insumos para a produção de vacinas. “Eu acho que a nossa situação em relação a insumos vai piorar com essa declaração de hoje”, disse Aziz. “Foi ruim.”
O senador avaliou que o País depende de países como Índia e China para obter o ingrediente farmacêutico ativo (IFA) das vacinas, e que declarações como a desta quarta atrapalham as negociações para trazer os insumos. “Estamos na mão dos chineses para trazer o IFA”, disse Aziz.
“Nós não temos produção do IFA aqui, nem teremos tão cedo”, disse o presidente da CPI. “Nós dependemos da Índia para alguns insumos, dependemos da China para outros. Eu acho que não é momento para a gente cutucar ninguém, não é o momento. Nem aqui entre nós”.

Estadão Conteúdo
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário