Prefeito de SP piora e tem quadro irreversível, diz boletim

O quadro de saúde do prefeito Bruno Covas (PSDB) piorou na sexta-feira (14) e o quadro dele é considerado irreversível, anunciou boletim médico.
Segundo o boletim, Covas vem “recebendo medicamentos analgésicos e sedativos”. “O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica”, diz o boletim.
Ele está internado no Hospital Sírio-Libanês, onde faz tratamento contra um câncer na região do estômago, desde 2 de maio.
Antes, ele havia ficado internado por 12 dias em abril, quando exames constataram que os tumores, originados no trato digestivo, haviam se alastrado para o fígado e também para os ossos. Teve alta no dia 27 de abril, mas voltou a ser internado no começo deste mês.
Covas está em tratamento de um câncer que se originou na cárdia e depois afetou também o fígado. Ele iniciou o tratamento em 2019 e vinha evitando, desde então, afastar-se de suas funções na prefeitura, limitando suas licenças médicas.
Em 2 de maio, o prefeito decidiu se licenciar por 30 dias do comando da Prefeitura de São Paulo. Neste período, o vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), chefiará o Executivo.

Folhapress
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário