MPF abre inquérito para apurar denúncia contra presidente da Fundação Palmares

O Ministério Público Federal (MPF) abriu investigações contra o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, por suposta discriminação contra o movimento negro. A informação foi divulgada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.
Segundo a publicação, a Procuradoria da República no Rio apura denúncia do Conselho Estadual dos Direitos do Negro.
A investigação se dá a partir da declaração de Camargo, que afirmou que Adna Santos, mais conhecida como Mãe Baiana de Oyá, era "macumbeira" e "miserável", entre outras ofensas.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário