Jean Wyllys anuncia que vai deixar Psol para se filiar ao PT

O ex-deputado federal Jean Wyllys anunciou que vai sair do Psol para se filiar ao PT. Em entrevista à revista Veja, o político afirmou que decidiu retornar ao Brasil após assistir a vitória do presidente norte-americano, Joe Biden, e a devolução dos direitos políticos do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Wyllys está vivendo na Europa há mais de dois anos.
“As pesquisas mostram que Lula é o único capaz de tirar Bolsonaro do poder. Agora é hora formar uma frente democrática, não fragmentá-la. (…) Há quem diga que renunciei ao meu terceiro mandato e saí do país porque quis, mas a verdade é que estava sendo vítima de uma série de ataques. Fui obrigado a deixar o país porque a Marielle, minha amiga e companheira de partido que vivia na mesma cidade que eu, foi executada sem receber uma ameaça de morte sequer e eu tinha várias delas. O exílio tirou de mim o convívio com os amigos e a família”, afirmou.
Atualmente, o ex-deputado vive em Barcelona, na Espanha, onde se dedica ao doutorado em Ciências Políticas pela Universidade de Barcelona. Apesar da mudança de filiação, o político pontuou que não pretende voltar a se candidatar em algum cargo eletivo, e também não espera ser nomeado a um cargo dentro do governo, caso Lula vença a eleição em 2022.
Ele ponderou que quer trabalhar com a elaboração de um programa de governo que se comprometa com a agenda sustentável, a defesa dos Direitos Humanos e o combate às fake news, tema que ele pesquisa no doutorado.
“Da política ampla não vou sair nunca, até porque sou um estudioso que analisa o que vem acontecendo no Brasil, mas não tenho o desejo de voltar a concorrer. Hoje, o que quero é ajudar a reconstruir o Brasil e abraçar a minha mãe”, disse.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário