Itabunense, esposo e filha de 2 anos são assassinados a tiros dentro de casa no Paraná

Um casal e uma criança de dois anos foram mortos a tiros na madrugada desta quinta-feira (20), na Vila Rute, em Paranaguá, no litoral do Paraná. Um outro filho do casal, de cinco anos, conseguiu fugir.
De acordo com informações da Polícia Civil, as vítimas foram encontradas em casa. Não há sinal de arrombamento no imóvel. Por causa disso, os investigadores acreditam que o autor dos disparos já estava dentro da residência.
Câmeras de segurança instaladas nas imediações de onde o crime aconteceu flagraram o momento em que o assassino atravessa a rua, fugindo, após ter cometido a chacina.
O delegado que acompanha o caso, Nilson Diniz, disse que o homem que morreu, de 26 anos, é suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. Com isso, a polícia acredita que a vítima integrava um grupo rival ao suspeito de ter comandado as mortes.
"Esse homem já tinha sido vítima de uma tentativa de homicídio. Nesse inquérito policial, coletamos alguns elementos que apontam para envolvimento de organização criminosa. A linha que seguimos, hoje, é que essa mesma organização criminosa tenha consumado esse ato já tentado há um mês", disse.
A criança que morreu era uma menina, identificada pelo prenome Laura. O outro filho do casal, um menino de cinco anos, foi encaminhado para familiares. A Polícia Civil investiga o caso para confirmar a motivação do crime e identificar suspeitos. O casal foi identificado apenas como Johny e Kaylane Freitas, e ambos tinham 27 anos de idade.

Uma das vitimas era de Itabuna

A mulher assassinada nesta ocasião, Kaylane Freitas era de Itabuna. Ela era moradora do bairro Parque Boa Vista e deixou a cidade para viver no Paraná, onde casou e teve filhos.

Muitos familiares de Kaylane ainda moram em Itabuna. Em redes sociais, diversos moradores de Itabuna, que conheciam a jovem, lamentaram o crime brutal e a perda da jovem.

Fonte: Verdinho Itabuna
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário