Governo mantém negociações com Índia e China para atrair nova montadora para Bahia

O governo da Bahia continua as negociações com indianos e chineses para tentar trazer à Bahia um nova montadora de carros para minimizar os impactos econômicos deixados pela Ford, que encerrou as atividades no país colocando na rua mais de 4 mil funcionários do polo de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS).
“Nós temos como prioridade atrair uma montadora para tapar esse buraco que a Ford, de forma abrupta, deixou após tomar uma atitude que surpreendeu até seus concessionários. Nós estamos vivendo um momento atípico que é a pandemia, mas o governador e o ex-secretário e vice governador João Leão já manteve contato com várias montadoras da China e Índia e vamos trabalhar incansavelmente para que a gente possa atrair uma nova empresa”, disse Nelson Leal, secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE).
Trabalhadores aceitaram, em assembleia no Sindicato dos Metalúrgicos do município nesta quarta-feira (12), o acordo de pagamento de uma indenização de, no mínimo, R$ 130 mil para cada funcionário demitido.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário