Geleião, um dos fundadores do PCC, morre em decorrência do coronavírus

José Márcio Felício, mais conhecido como Geleião, morreu nesta segunda-feira (10) em uma unidade de atendimento a presidiários em decorrência de complicações provocadas pelo coronavírus. Ele tinha 60 anos e era um dos fundadores da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).
Geleião era hipertenso e havia sido internado em 9 de abril, chegando a ter 50% dos pulmões comprometidos. Geleião estava no sistema prisional há mais de 40 anos por diversas condenações. Ele era o último dos fundadores ainda vivo.
Apesar de ter fundado a facção, Geleião foi expulso do PCC em 2002, se tornando um inimigo. Atualmente, o PCC é comandado atualmente por Marco Camacho, o Marcola, que também está preso.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário