Ford fecha acordo coletivo com sindicato para encerrar produção em Camaçari

A empresa Ford informou nesta quarta-feira (12) que fechou um acordo coletivo negociado com o Sindicato dos Metalúrgicos por causa do encerramento da produção na unidade de Camaçari, que fica na região metropolitana de Salvador. A fábrica tinha cerca de 4 mil empregados.
Segundo a Ford, o acordo coletivo foi aprovado pela ampla maioria dos empregados em votação realizada nesta quarta-feira. A proposta aprovada inclui uma compensação financeira adicional às verbas rescisórias:
Empregados operacionais: 2,05 salários nominais por ano trabalhado + valor fixo adicional conforme faixas pré-definidas, com garantia de indenização mínima de R$ 130 mil.
Empregados administrativos: um salário nominal por ano trabalhado, com garantia de indenização mínima de R$ 130 mil.
De acordo com a Ford, também faz parte do acordo a concessão de seis meses de plano médico por meio do Sindicato e uma remuneração adicional para empregados operacionais com restrição médica ocupacional.
Além dos itens previstos no acordo, a Ford informou que já oferece um programa de qualificação dos trabalhadores e também vai dar suporte para recolocação por meio da contratação de uma empresa especializada.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário