Aterro Sanitário começa a operar em Itabuna

O aterro sanitário do Centro de Valorização de Resíduos Costa do Cacau (CVR) iniciou a coleta dos resíduos sólidos de Itabuna nesta sexta-feira, dia 7. A parceria da empresa com a Prefeitura foi firmada na segunda-feira passada durante solenidade no km 21,5 da rodovia BR-415 Jorge Amado, entre Ilhéus e Itabuna.
A parceria se consolida com o fim do lixão da cidade que durante cerca de 40 anos abrigou famílias que sobreviviam da reciclagem em condições insalubres. Agora, elas serão assistidas com aluguel social e cestas básicas pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza e mais R$ 700,00 que serão fornecidos pela CVR por seis meses em atendimento ao pedido do prefeito Augusto Castro.
De acordo com o gerente administrativo e comercial da CVR, Maurício Sena, os resíduos sólidos terão um acondicionamento com proteção mecânica e sem contato com o solo. Além disso, o chorume, que é o líquido poluente, vai passar drenagem. Ele explicou que o aterro recebeu certificação dos órgãos ambientais. Ainda segundo Maurício, a expectativa e de que 140 toneladas de lixo por dia cheguem ao aterro sanitário. “São oito caminhões compactadores, 15 rotas diárias”, disse.
O fim dos lixões em todas as cidades do país segue a Leis Federais nº 12.305, do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, e nº 14.026 do Novo Marco Regulatório do Saneamento. Atualmente, o aterro da CVR conta 23 profissionais, entre eles um engenheiro, operadores de máquinas, encarregados de serviços gerais e de operações e balanceiro.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário