STF julgará CPI da Covid-19 na quarta-feira (14)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, antecipou o julgamento sobre a instalação da CPI do Covid pelo Senado para quarta-feira (14). O caso seria julgado na próxima sessão virtual, que vai de 16 até 26 de abril.
O ministro Luís Roberto Barroso decidiu monocraticamente na última quinta-feira (8) sobre a obrigação da abertura da CPI pelo presidente do Senado Rodrigo Pacheco, mas já havia submetido a decisão para análise do plenário virtual da Corte. Agora, os dez ministros vão julgar em sessão presencial se concordam com a determinação de Barroso.
Além disso, os ministros vão analisar um mandado de Segurança apresentado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO) — eles defendem que o presidente do Senado não pode mais postergar o início dos trabalhos, uma vez que a CPI conta com 32 assinaturas, cinco a mais que o necessário para abertura da comissão.
A determinação pode desgastar a imagem política do presidente Jair Bolsonaro, que é criticado pela sua conduta durante a pandemia. Desde que Barroso tomou a decisão, foi criticado pelo presidente em dois momentos distintos.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário