Palmeiras vence o Defensa y Justicia e larga em vantagem na Recopa

Verdão abriu o placar na primeira etapa, conseguiu frear o ímpeto ofensivo dos argentinos e, com gol de falta de Scarpa, volta ao Brasil com vantagem no confronto

No confronto de ida da Recopa Sul-Americana, o Palmeiras foi até a Argentina e venceu o atual campeão da Copa Sul-Americana, Defensa y Justicia, por 2 a 1. Rony e Gustavo Scarpa marcaram para os brasileiros, e Brian Romero descontou para os donos da casa.
A partida de volta será no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, na próxima quarta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília). Vale lembrar que nessa competição não há o gol qualificado, o famoso “gol fora”.

DEFENSA SÓ NO NOME

O técnico do Defensa y Justicia, Sebastián Beccacece, mudou o esquema tático padrão e começou com uma linha de quatro. Com uma formação mais ofensiva, o time da casa criou duas situações de gol com menos de cinco minutos, e Weverton salvou o Palmeiras em chute da entrada da área de Brian Romero.
Porém, a defesa da equipe argentina ficava cada vez mais exposta. Aos 15 minutos, Willian aproveitou a lentidão de Meza e lançou Rony. O novo camisa 7 ganhou no corpo e tocou por cima, na saída do goleiro Unsain, para inaugurar o marcador.

VERDÃO ACUADO

Apesar da vantagem, o meio-campo da equipe brasileira se tornou cada vez mais apático, e os argentinos seguiam com maior volume ofensivo. Aos 33 da primeira etapa, Benítez testou chute forte. A bola quicou, mas Weverton novamente fez boa defesa.

COMEÇO QUENTE NO SEGUNDO TEMPO

O Palmeiras voltou do intervalo mais ligado, e no primeiro minuto, Willian puxou contra-ataque e serviu Breno Lopes na direita. O atacante bateu cruzado, e a bola passou perto da trave.
A resposta da equipe argentina veio no lance seguinte. Enzo Fernández avançou e cruzou bola venenosa. Contudo, ninguém apareceu para escorar e o Verdão retomou a posse.

VACILO DE FELIPE MELO

O Defensa y Justicia controlava o ritmo de jogo e conseguiu empatar a partida aos 12 minutos da segunda etapa. Após boa troca de passes, Felipe Melo não fez a cobertura correta no meio e a bola chegou para Walter Bou. Ele tocou rápido para Brian Romero e, sozinho, deixou tudo igual.

BOLA PARADA SALVADORA

Precisando de sangue novo, Abel Ferreira promoveu diversas alterações na equipe, e uma delas foi decisiva. Gustavo Scarpa entrou na vaga de Raphael Veiga. Aos 30 do segundo tempo, Scarpa cobrou falta com efeito, Ulsain não foi firme na bola, e o Verdão retomou a liderança.

ESPERANÇA ARGENTINA MORRE COM O BANDEIRA

A equipe da casa se recusava a sair do Estádio Norberto “Tito” Tomaghello com a derrota. Aos 36, Walter Bou apareceu na segunda trave e chutou para as redes. Mas o bandeira entendeu que outro atacante, impedido, participou do lance, e anulou o tento da equipe argentina. Com isso, o Palmeiras venceu por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA

​Defensa y Justicia 1 x 2 Palmeiras – Recopa Sul-Americana

Data: 07 de Abril de 2021
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Florencio Varela, na Provincia de Buenos Aires-ARG
Árbitro: Andrés Rojas (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Jhon Leon (COL)
VAR: John Ospina (COL)
Cartões amarelos: Benítez e Meza (DYJ); Luan, Lucas Lima Viña e Gustavo Scarpa (PAL)
Cartão vermelho: –

GOLS: Rony, 15’/1ºT (0-1); Braian Romero, 12’/2ºT (1-1) e Gustavo Scarpa, 28’/2ºT (1-2)

DEFENSA Y JUSTICIA (Técnico: Sebastián Beccacece)
Ezequiel Unsain; Matías Rodríguez, Adonis Frías, Meza e Marcelo Benítez; Loaiza, Enzo Fernandéz, Pizzini (Tomás Martínez, 17’/2ºT) e Rotondi (Isnaldo, 30’/2ºT); Walter Bou e Braian Romero.

PALMEIRAS (Técnico: Abel Ferreira)
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Felipe Melo (Patrick de Paula, 17’/2ºT), Zé Rafael (Danilo, 17’/2ºT) e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa, 13’/2ºT); Rony, Breno Lopes (Mayke, 37’/2ºT) e Willian Bigode (Lucas Esteves, 13’/2ºT).
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário