‘Onde compra isso?’, diz Pazuello ao ironizar uso de máscara em shopping de Manaus

O general do Exército Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, circulou sem máscara pelo shopping Manauara, em Manaus, no domingo (25), ignorando o decreto estadual que obriga o seu uso dentro de ambientes fechados coletivos. Advertido, o general Pazuello reagiu com ironia e acabou ganhando uma máscara de presente, segundo relato da fotógrafa Jaqueline Bastos, que flagrou a irregularidade.
As informações são do jornal Folha de S. Paulo. “Eu fotografei e questionei perguntando se ele estava entrando sem máscara no shopping. Ele respondeu dizendo: ‘Pois é, estou sem. Onde compra isso?’ E saiu rindo”, disse a fotógrafa Jaqueline Bastos à Folha. “Uma cliente do shopping deu uma máscara pra ele, ele colocou e foi embora.”
De acordo com a Folha, Jaqueline Bastos, que postou a foto nas suas redes sociais, mas depois a retirou por causa da grande repercussão, disse que ficou “chocada com a cara de pau dele, de ter essa atitude e ainda sair rindo. Enfim”.
No mesmo dia, o coronel da reserva do Exército Alfredo Menezes, homem fonte de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Amazonas, postou uma foto ao lado de Pazuello. Os dois ensaiam uma candidatura em dobro para o Senado e o Governo do Amazonas em 2022. O ex-ministro da Saúde de Bolsonaro é um dos principais alvos da CPI da Covid, que será instalada nesta terça no Senado.
Também no mesmo dia o Brasil registrou 1.316 mortes pela Covid e 32.000 novos casos da doença neste domingo (25), dia da semana em que costuma ter números menores devido ao plantão nas secretarias de Saúde dos estado. Com isso, o país chega a 390.925 óbitos por coronavírus e a 14.339.312 pessoas infectadas desde o início da pandemia.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário